Loading...
quinta-feira, 12 de julho de 2018

Latas de bebidas - Depósitos de fungos e bactérias



Latas de bebidas - Depósitos de fungos e bactérias


Latas e embalagens plásticas de bebidas, sucos e refrigerantes e os canudos oferecidos por comerciantes podem ser um depósito de fungos e bactérias, constatou exames em laboratório em 40 amostras recolhidas no comércio de Campinas (SP). A pesquisa foi feita por estudantes de uma faculdade de biomedicina. A contaminação pode causar doenças respiratórias e diarréias.

 Das 40 amostras, apenas em duas não foram encontrados microrganismos. Em uma garrafa de isotônico, que possui lacre resistente e em um canudo lacrado. Latinhas e garrafinhas tiveram resultados positivos para contaminação. "Na rua saimos tomando porque não temos opções", disse o porteiro Adão Alves.

 No caso dos canudinhos sem lacre, muito comum em lanchonetes e em barracas de ambulantes, foram encontrados mil colônias de bactérias. Até em uma lata de cerveja com lacre de papel na parte superior continha contaminação.

 De acordo com estudo de alunos da Veris Faculdades, em Campinas, o ideal é lavar latas e garrafinhas com água, sabão e esponja antes de consumir os produtos. Nem mesmo usar um guardanapo para limpar a tampa resolve. “Ameniza, mas não retira os microrganismos”, disse a estudante de biomedicina Francesca Ramos da Silva.

 Ainda segundo o estudo, as contaminações das embalagens podem ocorrer nos armazenamentos. Uma das explicações é deixá-los fora da temperatura ideal, ou em água contaminada. O transporte irregular também pode contaminar.

0 comentários:

Postar um comentário

 
TOP